O Livretu é um...

Minha foto
Porto Alegre, RS, Brazil
Blog dedicado à livre literatura. Poemas, contos, crônicas, músicas, palavras ao vento... e o que te fizeres viajar pela imaginação. O LIVRETU é livre, e surgiu da idéia de alguns amigos dividirem suas produções, delírios, sonhos, alegrias e letras. Envia tuas composições também! Faça parte dessa grande esfera literária. É livre. E como fala nosso grande Drummond: Se procurar bem você acaba encontrando. Não a explicação (duvidosa) da vida, Mas a poesia (inexplicável) da vida. Envia para livre_tu@hotmail.com tuas idéias. O blog já fez 2 anos e comemora com uma mini-edição impressa e uma confraternização de artes, o ORGIARTE, ambos indo para a sétima edição.

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

MULAS MAGRAS

FAZ TEMPO QUE NÃO ESCREVEMOS!
É UMA REALIDADE TRISTE,
UMA ESTATÍSTICA PERFEITA
PARA UM DRAMA POLONÊS.

FAZ TEMPO QUE NÃO ESCREVEMOS
E NÃO SABEMOS A CAUSA,
APENAS SENTIMOS, CALADOS,
OS EFEITOS.

TALVEZ SEJA ESSE FRIO
QUE CONGELA AS MÃOS,
QUE ENDURECE A PENA
E QUE DEVASTA O EXPRESSIONISMO.

TALVEZ SEJA ESSE CALOR
QUE NOS ABANDONA
E DEIXA SAUDADES,
MAS NÃO DEIXA INSPIRAÇÃO
NEM CORAGEM
DE ESCREVER A UM IRMÃO, UM AMIGO.

TALVEZ SEJA ÉPOCA,
OS TEMPOS MODERNOS
A TECNO-BUROCRACIA
E AS GARRAFAS PET´S DE 7 LITROS.

QUEM SABE NÃO É
O APERTO DO AIRBAG,
O RETORNO DA GUILHOTINA,
E A NOTÍCIA DESCABIDA
QUE RENASCEU O FILHO DE JOSÉ.

CREIO QUE SEJA A FALTA DE DINHEIRO
A FALTA DE EMPREGO
A FALTA ÁGUA NO FEIJÃO
E A FALTA DE VERGONHA NA CARA,
QUE NOS FALTA, DESDE SEMPRE.

OU TALVEZ NÃO SEJA NADA DISSO,
APENAS UMA DOR DE COTOVELO,
UM CORAÇÃO PARTIDO,
OU UMA DESPEDIDA INESPERADA
COM POSSIBILIDADE NENHUMA
DE VOLTAR ATRÁS.

MAS, NA VERDADE PODE SER
QUE NÃO SEJA NADA DISSO.
E QUE ESTAMOS APENAS
CRIANDO DESCULPAS NA FRENTE DO ESPELHO.
ESCONDENDO DE NÓS MESMOS O QUE SOMOS
E O QUE NA VERDADE VOLTAMOS A SER,
QUANDO NÃO HAVIAMOS AINDA APRENDIDO
A ARTE DE ESCREVER...

VOLTAMOS AO ANO DE
DEZ MIL ANTES DE CRITIANO
E AO HOMEM MACACO...
FIZEMOS POR MERECER,
ERA TUDO O QUE QUERÍAMOS
É TUDO O QUE TEMOS -MUDAR, MUDAR, MUDAR.

AGORA NÃO ADIANTA CHORAR
E NEM LAMENTAR,
APENAS NOS RESTA SABER
SE ALGUM DIA DIA DEIXAMOS DE SER
AQUILO QUE SEMPRE ASSOMBROU A
BATINA E A CIÊNCIA: O JOÃO PRIMATINHA.

AH!, NOSSO PASSADO OBSCURO
SEM PROCEDÊNCIA E SEM SENTIDO
MATÉRIA IGNORANTE E DEGRADÁVEL
SER DE OUTRO MUNDO EM SEU PRÓPRIO MUNDO
INVENTADO POR SI E SEU IMAGINÁRIO

AH! VIDA INACRADITÁVEL E VOLÚTIL
LENDA JAMAIS ACEITA POR ALGUÉM
MONSTRO DE SETE CABEÇAS
E "ENE" PERNAS TORTAS

AH! SUPER TETAS E SUPER MERCADOS!!!

VEM, VEM...
MULA SEM CABEÇA E AMAMENTA
ESSE HOMEM PECADOR E CRIMINOSO
ESSA BESTA VULNERÁVEL E METÓDICA
ESSE ANIMAL PURO E IRRACIONAL

DÁ O QUE BEBER PARA ESSE VERME,
ESSE QUE JÁ FOI MACACO E JÁ FOI HUMANO
E AGORA MACACO, MAS AINDA É HUMANO
ASSIM COMO NUNCA DEIXOU DE SER MACACO!!!

VEM MULINHA MARAVILHOSA
E BOTA ESSA TETINHA PRA FUNCIONAR
ASSUMA A MATERNIDADE DESTE SER
CARENTE E ETERNAMANTE INCOMPLETO

VEM QUERIDA...
VEM QUE EM POUCOS
DIAS TE ELEVAREMOS AO GRAU DE DEUSA!


BbA

Um comentário:

  1. Que lindo. Eu amo este poeta-macaco!

    Beijos, MO

    ResponderExcluir